99.5FM Currais Novos - RN

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

MARCA DE COSMÉTICOS FAZ CAMPANHA POLÊMICA COM ATORES COBERTOS DE LAMA

Por Edilson Silva 
Br-geral.
A tragédia em Brumadinho (MG) mobilizou muitas pessoas e empresas. Entretanto, algumas dessas manifestações estão causando polêmica. A Jendayi Cosméticos publicou em suas redes sociais uma campanha controversa para ‘homenagear’ as vítimas da tragédia. A empresa realizou um ensaio fotográfico com atores cobertos de lama com o intuito de interpretar aqueles que foram atingidos pelo rompimento da barragem.
O autor das imagens, que também é diretor de marketing da empresa, Jorge Beirigo, na publicação disse que o objetivo da campanha é “mostrar que existe uma marca de cosméticos que se preocupa com a beleza… beleza da vida”. As imagens causaram revolta em vários internautas que criticaram a proposta e chamaram a marca de ‘sem noção’ e oportunista. “A tragédia aconteceu por causa de pessoas como vocês que só pensam em dinheiro e na realidade estão cagando para as vidas envolvidas. Campanha lixo, de muito mal gosto. Apaga que dá tempo”, escreveu um.  “Vocês perderam completamente a NOÇÃO tentando se promover em cima disso, hei? (sic)”, comentou outro.
O jornal Estadão entrou em contato com a marca, que excluiu as fotos do ensaio, e um dos funcionários afirmou que a direção está em reunião para decidir o que será feito, mas, segundo ele, a intenção era ‘ajudar’.  Xiiii…



PM APREENDE MAIS DE 02 QUILOS DE ENTORPECENTES NA BR-226 NO MUNICÍPIO DE CURRAIS NOVOS

RN-POLICIAL.
Por volta das 19h40min dessa quarta-feira (30/01/19) Policiais Militares da 3ª CIPM, guarnição do GTO (Grupo Tático Operacional) apreendeu 02 quilos de maconha, 50 gramas de cocaína e 53 gramas de crack, durante uma abordagem de rotina na BR-226, trevo que dá acesso a cidade de Cerro Corá. Os entorpecentes estavam com o apenado do regime semi-aberto José Elton Alves Pacheco de 21 anos de idade, natural de Macaíba, residente em Cerro Corá que estava em liberdade a pouco mais de uma semana e foi preso em flagrante.
O acusado seguia em um táxi de Natal com destino a Cerro Corá quando foi abordado pela guarnição do GTO, que retornava de outra missão, e os PM’s suspeitaram do táxi com placas de Natal circulando aquela hora pela rodovia.
José Elton está cumprindo pena por roubo (artigo 157) praticado contra um posto de combustíveis na cidade de Lagoa Nova no ano de 2016.
Mais uma vez parabenizamos os guerreiros da 3ª CIPM que realizam um brilhante trabalho na área da companhia, apesar das dificuldades e salários atrasados.
Fonte: CN Policia

HOMEM É PRESO EM FLAGRANTE COM CERCA DE 30 KG DE DROGA, EM PATOS, NO SERTÃO DA PB


Pb-policial.
Cerca de 30 kg de uma substância semelhante à maconha foram apreendidos e um suspeito foi preso em flagrante, no município de Patos, no Sertão da Paraíba, neste sábado (26), de acordo com a Polícia Civil. O valor estimado do material é de R$ 40 mil.

Segundo a polícia, uma equipe recebeu uma denúncia anônima que indicou que o suspeito estaria, durante a madrugada, em uma pousada, com drogas. Ao chegar ao local, os policiais encontraram 44 tabletes prensados, com o material envolto em fita adesiva.

A Polícia Civil informou que o homem natural do município de Solânea, no Brejo da Paraíba, afirmou que a droga era apenas para consumo dele.

O suspeito e a droga apreendida foram encaminhados para a Delegacia do Plantão Centralizado de Patos, onde o flagrante delito por tráfico de entorpecentes foi formalizado, conforme informado pela Polícia Civil.

G1/PB


EMPRESÁRIO MORRE EM ACIDENTE NA BR-101 NA GRANDE NATAL


Por Acson Freitas, Inter TV Cabugi
RN-TRANSITO.
Homem era ex-marido da mulher que foi assassinada após um sequestro em outubro do ano passado, no interior potiguar.

Empresário Luiz Hugo perdeu o controle do carro, saiu da pista e capitou o veículo — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Um empresário morreu após sofrer um acidente nesta quarta-feira (30) em uma rodovia próxima ao município de São José De Mipibu, na Grande Natal. Ele era o ex-marido da empresária Maria da Conceição Barbosa, que foi assassinada no interior do estado após um sequestro em outubro do ano passado.

Luiz Hugo Vital Barbosa tinha 57 anos de idade e, no momento do acidente, seguia sozinho em uma caminhonete Hillux no sentido da BR-101 que leva a Natal. O empresário perdeu o controle do veículo, saiu da pista e capotou o carro, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Familiares contaram para a polícia que o Luiz Hugo saiu para fazer um depósito no banco. O dinheiro não foi encontrado, apenas um envelope de depósito rasgado. Uma pistola calibre 380 prateada também foi encontrada dentro do veículo. A arma estava com um carregador cheio. A Polícia Civil recolheu o material para perícia.






DIVIDIDO, MDB DECIDE ENTRE RENAN E SIMONE TEBET PARA SE MANTER NO COMANDO DO SENADO



BR-POLITICA.
Em busca de se manter na presidência do Senado, posto que tem ocupado nos últimos 12 anos, o MDB tenta chegar a um consenso na noite desta quinta-feira (31) e definir quem disputará a eleição de sexta-feira (1º) como representante do partido.
Montagem com fotos de Renan Calheiros (AL) e Simone Tebet (MS), que disputam a candidatura pelo MDB à presidência do Senado
Montagem com fotos de Renan Calheiros (AL) e Simone Tebet (MS), que disputam a candidatura pelo MDB
à presidência do Senado – Fabiano Accorsi/Senado Federal e Alan Marques/Folhapress

A sigla tem 13 senadores, mas, como está fragmentada, teme ver interrompida a tradição de que a maior bancada comanda a Casa.

Fora do governo e sem ter conseguido reeleger nomes como o atual presidente do Senado, Eunício Oliveira (CE), e o presidente da sigla, Romero Jucá (RR), o MDB tem nesta eleição sua principal perspectiva de manutenção de poder.

Nas duas últimas eleições, o partido havia chegado à véspera da disputa com consenso na bancada. Primeiro, Renan foi o presidente e Eunício o líder da bancada. Depois, eles inverteram as funções. Agora, não há previsão de nada parecido.

Renan já declarou não ter interesse na liderança e Tebet deixou o posto nesta semana.

Até o momento, há nove nomes na disputa —Renan Calheiros (MDB-AL), Simone Tebet (MDB-MS), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Tasso Jereissati (PSDB-CE), Alvaro Dias (Pode-PR), Esperidião Amin (PP-SC), Angelo Coronel (PSD-BA), Major Olímpio (PSL-SP) e Reguf fe (sem partido-DF). O senador Fernando Collor (AL), que nesta semana trocou o PTC pelo Pros, não admite candidatura, mas é dado como candidato por outros senadores.

A quarta-feira (30) foi de conversas e discussões sobre questões jurídicas que devem ser levantadas durante a sessão marcada para sexta.

Um dos partidos mais visados era o PSD, que chegou a dez senadores e tornou-se a segunda maior bancada.

O presidente da sigla, Gilberto Kassab, esteve com Renan e Eunício Oliveira (MDB-CE) no início da semana e havia prometido maioria dos votos para o alagoano. No entanto, integrantes do partido dizem que ele deve ter apoio de apenas cinco deles.

A partir das 17h, no MDB, Renan e Simone medem forças diante de seus correligionários.

Ele tem a seu favor a habilidade política de ter sido presidente do Senado quatro vezes e a postura de firme na defesa dos seus pares diante da Justiça.

Apesar de agora se dizer um liberal e favorável às reformas, contra Renan há desconfiança do governo Jair Bolsonaro, além da pressão popular que cobra renovação e levanta bandeira anticorrupção. O senador tem no currículo 18 inquéritos no STF (Supremo Tribunal Federal), nove deles arquivados.

Tebet abraçou a bandeira da renovação política, que garantiu a reeleição de apenas 8 senadores e trouxe 46 novos nomes para o Congresso.

Ela também aposta nas mobilizações #foraRenan e na resistência de outras legendas em apoiar o emedebista.

Mas Tebet chega à reunião que começa no fim da tarde fragilizada pela derrota do início da semana.

Na reunião que o MDB fez na na terça-feira (29), ela foi minoria ao defender que a votação de sexta seja aberta.

O voto fechado —ou seja, secreto— beneficia Renan, já que muitos que o apoiam não fazem isso publicamente para evitar desgaste com as bases.

Senadores anti-Renan reúnem-se pela manhã para discutir se todos manterão suas candidaturas e para afinar posicionamentos diante de questões que serão levantadas no dia da eleição.

Alguns nomes cogitavam abrir mão da disputa para apoiar Tebet, caso ela saísse vitoriosa na bancada. Se isso não acontecer e, mesmo assim, ela resolver tentar como candidata avulsa, esses senadores agora devem se manter no páreo.

Com apoio do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, Davi Alcolumbre vem trabalhando para ganhar musculatura e é vendido como o candidato do governo, o que já provocou reclamações de integrantes do partido de Bolsonaro, o PSL, que lançou Major Olímpio.

“A orientação do presidente é não interferir”, afirmou o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente da República.

Rede UnilarAlcolumbre é o único remanescente da Mesa Diretora da legislatura que se encerra nesta quinta e, por isso, tem previsão regimental para presidir a votação.

Acontece que, como também é candidato, o senador vem sendo alvo de críticas de aliados de Renan e este ponto vai ser um dos objetos de questionamento que devem dominar o início da eleição.

A expectativa é que outros dois tópicos sejam questionados no início da sessão: a votação secreta e o número de votos necessários para definir a eleição, se maioria simples ou absoluta (41 votos).

As chamadas questões de ordem provocam longas discussões e podem ser decididas no voto, atrasando a disputa principal, pelo cargo de presidente.

Adversários de Renan querem usar as votações para avaliar as chances do senador e, diante da perspectiva de sucesso dele, não descartam esvaziar a sessão e adiar a eleição.

FOLHAPRESS

FLÁVIO BOLSONARO DIZ SER PERSEGUIDO E NEGA DESGASTE NO GOVERNO

BR-POLITICA.
Resultado de imagem para fotos flavio bolsonaro
Flávio Bolsonaro diz ser perseguido e nega desgaste no governo

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou ser “vítima de perseguição” na investigação sobre movimentações financeiras atípicas na sua conta e na de seu ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz.

“Está todo mundo vendo que eu sou vítima de perseguição”, afirmou ele ao ser questionado sobre ao caso durante visita ao Congresso, nesta quarta-feira (30), para fazer o registro biométrico necessário para que deputados e senadores participem de votações.

Ele se recusou a responder perguntas sobre quando irá ao Ministério Público prestar esclarecimentos. “Já falei o que eu tinha de falar, não tenho novidade nenhuma”, afirmou o futuro senador, que no dia 10 de janeiro faltou a encontro com promotores.

Na época, Flávio foi chamado para esclarecer suspeitas contra Queiroz, que, segundo levantamento do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017.

Parte do valor, considerado incompatível com o patrimônio de Queiroz, veio de repasses de oito colegas do gabinete –o que levanta a suspeita de prática de “rachadinha”, que ocorre quando alguém determina a retenção de uma parte dos salários de servidores nomeados.

Dias depois, o próprio Flávio apareceu na lista de movimentações atípicas, por ter recebido 48 depósitos fracionados que totalizaram R$ 96 mil entre junho e julho de 2017, sem que houvesse a identificação da origem.

O senador eleito tem negado irregularidades e diz que os depósitos foram feitos por ele com dinheiro recebido de uma permuta de imóveis. Afirma ainda que cabe a Queiroz, que o assessorava até outubro, dar as explicações sobre suas movimentações atípicas.

Perguntado se o governo começava a nova legislatura desgastado com as suspeitas que envolvem a família de Bolsonaro, Flávio afirmou que as investigações não têm nada a ver com a Presidência.

“Não tem nada a ver com o governo. Por mais que vocês queiram, não tem nada a ver com o governo. Estamos muito bem, obrigado. Estamos todos trabalhando bem, com liberdade”, afirmou.

Antes crítico à candidatura de Renan Calheiros (MDB-AL) à presidência do Senado, Flávio mudou de conduta e disse que todos os candidatos têm sintonia com a pauta do governo de seu pai.

“Qualquer candidato que chegue espero que seja alinhado com as pautas do governo, com a responsabilidade e pelo que eu saiba todos os nomes colocados estão nesta linha”, afirmou Flávio, quando questionado se uma eventual vitória de Renan significaria uma derrota para o Palácio do Planalto.

A bandeira branca do filho de Bolsonaro foi levantada um dia depois que Renan se declarou publicamente favorável à agenda econômica do governo. Além disso, Renan já havia acenado diretamente pra Flávio há duas semanas, quando, em entrevista à Folha de S.Paulo, disse que o senador eleito não deveria ser investigado pela Casa.

“Temos com relação a ele as melhores expectativas, de que é um moço que quer trabalhar, que quer fazer um bom mandato, que tem posições e defende-as. O que nós queremos é o melhor dele neste momento complexo da vida nacional. A expectativa que nós temos é a melhor possível”, disse Renan em 18 de janeiro.

Perguntado sobre que leitura fazia deste aceno, Flávio minimizou o afago.

“Não tem nada demais, é a opinião dele. Como qualquer senador, respeita qualquer senador”, afirmou.
Com informações da Folhapress e Notícias ao Minuto



BOMBEIROS PASSAM A USAR MÁSCARAS POR CAUSA DO MAU CHEIRO DE CORPOS EM DECOMPOSIÇÃO EM BRUMADINHO



Mg-cidades.
Os bombeiros que participam das buscas às vítimas da tragédia provocada pelo rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho passaram a usar máscaras nesta quarta-feira (30) no trabalho de resgate. O mau cheiro forte dos corpos em decomposição já atrai dezenas de urubus para a região da Mina Córrego do Feijão.

A barragem de rejeitos, que ficava na mina do Córrego do Feijão, se rompeu na sexta-feira (25). O mar de lama varreu a comunidade local e parte do centro administrativo e do refeitório da mineradora. Entre as vítimas, estão pessoas que moravam no entorno e funcionários da Vale. A vegetação e rios foram atingidos. Há ao menos 84 mortos, além de 276 desaparecidos pessoas desaparecidas.

De acordo com a assessoria de comunicação dos bombeiros, as máscaras de proteção têm dupla função: evitar a inalação de resíduos tóxicos e dos equipamentos que os bombeiros utilizam nas buscas e, também, que os soldados sintam o mau cheiro tão intensamente.


LULA DECIDE NÃO DEIXAR PRISÃO APÓS AUTORIZAÇÃO PARA SE ENCONTRAR COM FAMILIARES EM QUARTEL

Por Luiz Felipe Barbiéri e Mariana Oliveira, G1 e TV Globo — Brasília
BR-POLICIAL.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu não deixar a prisão, em Curitiba, nesta quarta-feira (30), para encontrar familiares em uma unidade militar, após a morte de um de seus irmãos. Genival Inácio da Silva, conhecido como Vavá, morreu de câncer na manhã de terça-feira (29), aos 79 anos.
 
"Na verdade, a decisão foi absolutamente inócua. A decisão foi proferida quando o corpo já estava baixando a sepultura, o enterro já estava acontecendo. Então, nesse sentido, a decisão não tem mesmo como ser cumprida", disse o advogado de Lula Manoel Caetano Ferreira.

Ele concedeu entrevista na tarde desta quarta em frente à Superintendência da Polícia Federal (PF), onde Lula está preso desde 7 de abril de 2018. Segundo o advogado, o ex-presidente também não concordou em se reunir com a família no local indicado na decisão.

"Seria um vexame, seria um desrespeito com a família que ele fosse se encontrar com a família num momento como esse em um quartel", afirmou o advogado.

Ferreira disse ainda que Lula já se encontra com familiares todas as quintas-feiras, dia de visitas. Ainda conforme o advogado, Vavá era um irmão com quem Lula tinha fortes vínculos afetivos.

“Ele sentiu muito a morte do irmão, e sentiu mais ainda não poder se despedir do irmão e se encontrar com a família nesse momento de muita tristeza”, disse Ferreira.

A saída do ex-presidente foi autorizada no início da tarde pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de plantão no recesso do Judiciário. O corpo de Vavá foi enterrado às 13h em São Bernardo do Campo (SP).


quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

ATAQUES VOLTAM A ACONTECER E ÔNIBUS E CAMINHÃO SÃO INCENDIADOS EM 27º DIA DE ATAQUES NO CEARÁ

CE-POLICIAL.

Ataques voltam a acontecer e ônibus e caminhão são incendiados em 27º dia de ataques no Ceará


Dois veículos foram incendiados na noite desta terça-feira (29), sendo um ônibus em Fortaleza e um caminhão em Maracanaú. Na capital, quatro homens incendiaram um ônibus no Conjunto José Euclides, no Bairro Jangurussu, no início da noite. O veículo ficou totalmente destruído pelas chamas. Em Maracanaú, na Região Metropolitana, um caminhão foi incendiado dentro de uma pedreira, por volta das 19h30. Ninguém ficou ferido. Os ataques aconteceram após o Ceará somar mais de 48 horas sem nenhum registro de ações criminosas. Já é o 27º dia de ataques no Estado.

Desde o dia 2 de janeiro, quando começaram as ações criminosas, ocorreram 260 ataques contra ônibus, carros, prédios públicos, prefeituras e comércios em 50 dos 184 municípios cearenses. As ações começaram em Fortaleza e se espalharam para a Região Metropolitana e diversas cidades do interior. A Secretaria da Segurança Pública do Ceará confirmou que 461 pessoas já foram detidas por envolvimento nas ações criminosas.

Para tentar conter os ataques, o governo estadual convocou 1.200 policiais militares da reserva para reforçar a segurança nas ruas. O Ministério da Justiça enviou agentes da Força Nacional e reforço da Polícia Rodoviária Federal para o estado. Policiais militares e agentes penitenciários de outros estados brasileiros também foram deslocados ao Ceará após o início dos crimes.

Veículos incendiados

O ônibus atacado na noite de terça-feira fazia a linha 628 - Sítio São João/ Santa Maria. Segundo a polícia, quatro homem entraram no coletivo quando ele saía do fim da linha e, em determinado trecho, ordenaram que o motorista descesse e atearam fogo ao veículo. O coletivo ficou totalmente destruído pelas chamas.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local para fazer o trabalho de rescaldo, que é eliminar todos os resquícios de fogo. Os suspeitos fugiram a pé após a ação e ninguém foi preso.

Já em Maracanaú, um caminhão que estava estacionado dentro de uma pedreira no Bairro Olho D'Água foi incendiado por volta das 19h30. As informações da polícia são de que quatro homens invadiram o local e incendiaram o veículo, que não era mais utilizado pelos funcionários da pedreira.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar as chamas, que atingiram também parte de um galpão.

Por G1/CE

GOVERNO DO RN CONFIRMA PAGAMENTO DOS SALÁRIOS DE JANEIRO; FOLHAS ATRASADAS SEGUEM SEM PRAZO


RN-ECONOMIA.


A secretária de Administração e Recursos Humanos do Rio Grande do Norte, Virgínia Ferreira, confirmou que o governo vai concluir nesta quinta-feira (31) o pagamento do salário de janeiro dos servidores públicos estaduais. Vão receber uma segunda parcela, de 70% dos vencimentos, aqueles que ganham acima de R$ 3 mil e que não fazem parte da Segurança - estes já receberam o total.

Ao todo, a folha desta quinta-feira (31) abrange 52.657 servidores e vai custar R$ 81,4 milhões.

Ao G1, entretanto, a secretária confirmou que o estado ainda não tem prazo para o pagamento dos salários atrasados, como parte da folha de novembro, o mês de dezembro, e os 13º salários e 2017 e 2018.

Em reunião nesta quarta-feira (30), o governo vai apresentar aos deputados estaduais alguns projetos que visam garantir recursos extras para quitar essas folhas. O Executivo pede, por exemplo a aprovação de uma lei que garanta a antecipação de royalties de petróleo e gás de 2019, 2020, 2021 e 2022 - atualmente existe uma autorização para antecipar apenas o valor relativo a 2019, de R$ 162 milhões.

Nessa negociação, o governo antecipa em forma de empréstimo, os valores que ele estima que vai receber como repasse de royalties nos próximos anos, das empresas que exploram petróleo e gás no estado.

O estado também quer vender a concessão dos serviços bancários - por exemplo, as contas em que os servidores recebem os salários, bem como onde podem fazer empréstimos consignados - a um banco. Para isso, o governo também quer que a Assembleia o autorize a negociar não apenas com os bancos oficiais, como Caixa e Banco do Brasil, mas também com privados.

"Esses valores e também qualquer outros recurso extra serão usados para quitas os salários atrasados", afirmou a secretária. "Não são apenas esses. O governo vem trabalhando também em várias frentes, como a dívida ativa", acrescentou.

Já em reunião com o fórum de servidores, na tarde desta quarta-feira (30), o governo vai apresentar o cronograma para pagamento dos salários de fevereiro.

Salários

Após assumir o governo, no início do mês, Fátima Bezerra (PT) se comprometeu a pagar os salários dentro do mês. Para isso, começou a pagar a folha de janeiro, mas congelou a dívida que o Estado já tinha com os servidores. Os salários atrasados da gestão anterior só deverão ser quitados com a entrada de recursos extras.

O Estado deve quase R$ 1 bilhão em folhas - estão em aberto o 13º salário de 2018, parte dos salários de novembro e o salário de dezembro do ano passado.

Por G1/RN

MAIS CORPOS SÃO ENCONTRADOS NO 5º DIA DE BUSCAS EM BRUMADINHO



MG-CIDADES.
Do G1 — Os corpos retirados nesta terça são, provavelmente, de pessoas que estavam no refeitório da Vale, segundo o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Em entrevista no início da tarde, ele afirmou que os corpos foram encontrados a uma distância que fica entre 800 metros e 1 km de ponto onde se localizava o refeitório. Lá, estaria a maior parte das vítimas do rompimento da barragem.

Rede UnilarA barragem de rejeitos, que ficava na mina do Córrego do Feijão, se rompeu na sexta-feira (25). O mar de lama varreu a comunidade local e parte do centro administrativo e do refeitório da Vale. Entre as vítimas, estão moradores e funcionários da Vale. A vegetação e rios foram atingidos.

Das 31 vítimas já identificadas, 18 eram funcionários da Vale e 13, terceirizados ou moradores da comunidade. Entre os desaparecidos, 114 são funcionários da mineradora e 174 são terceirizados ou moradores da região atingida pela lama. Número oficial de mortos, no entanto, segue em 65 e deve ser atualizado até o fim do dia

Nesta segunda-feira (28), nenhuma vítima foi encontra com vida, segundo o Corpo de Bombeiros.


EVANGELHO DO DIA: (MC 4,1-20) - QUARTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2019


DESTAQUE.
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
 
Naquele tempo, Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galileia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes: “Escutai! O semeador saiu a semear. Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda, mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto.
Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. E Jesus dizia: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. Jesus lhes disse: “A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados”.

E lhes disse: “Vós não compreendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas? O semeador semeia a Palavra. Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem.

Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

ACIDENTE COM VEÍCULO OFICIAL DE ESTATAL EM AVENIDA NO CENTRO DE CAICÓ

RN-TRANSITO.

Um veículo da Caern foi colhido por uma camionete Chevrolet, modelo S10, cor preta, na manhã dessa terça feira, 29 de janeiro, na Avenida Coronel Martiniano, centro de Caicó. Vídeo mostra o exato momento da colisão.

Uma equipe de policiais rodoviários federais foi ao local para o registro de ocorrência. De acordo com testemunhas, a camionete saiu de uma rua perpendicular à Av. Cel. Martiniano e colidiu com o carro da Caern.

Os danos foram apenas de ordem material.

Jair Sampaio



EX-TABELIÃO É CONDENADO POR DESVIO DE R$ 83,5 MIL EM CARTÓRIO DA GRANDE NATAL.


RN-justiça.
A Justiça condenou um ex-tabelião substituto do Cartório de Extremoz, na região metropolitana de Natal, por desvio de R$ 83.516,36 em taxas cartorárias e emolumentos (lucros). Segundo a decisão do juiz Diego Costa Pinto Dantas, da Vara Única de Extremoz, ficou comprovado que o réu Gustavo Eugênio Costa de Souza realizou desvios dos recursos entre agosto de 2017 e abril de 2018. A sentença é de 11 anos e 10 meses de prisão em regime fechado, pela prática de peculato e lavagem de capitais. Ele pode recorrer.
Na mesma sentença também foi condenada a namorada do ex-tabelião, com pena de oito anos e quatro meses de reclusão pelos mesmos crimes.
As condenações são consequência da Operação Senhorio, deflagrada em abril de 2018 pelo Ministério Público Estadual, para apurar, inicialmente, os crimes de falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, estelionato e lavagem de dinheiro pelos tabeliães titular e substitutos, bem como por um corretor do ramo imobiliário e empresário.
O tabelião foi preso em julho, em cumprimento de mandado pedido pelo Ministério Público, dentro das investigações.
O caso
Como consequência de um mandado de busca e apreensão cumprido contra o ex-tabelão, o MP apreendeu um aparelho celular e um computador. Com base em informações contidas neles, o MP descobriu o desvio durante as investigações.
De acordo com a denúncia, o homem aproveitou do cargo de tabelião substituto para negociar com usuários do serviço público, via WhatsApp, a confecção de certidões e escrituras públicas. Ao repassar os valores das taxas e emolumentos aos usuários dos serviços, o réu solicitava que a transferência ou depósito do dinheiro fosse realizado na conta bancária da sua namorada.
Ainda, segundo o MP, uma funcionária do cartório atuava como “braço direito” de Gustavo, sendo uma das principais responsáveis pela confecção das certidões e escrituras negociadas, bem como ajudando-o a encobrir o desvio das taxas e emolumentos para a conta bancária da namorada.
Entretanto a mulher foi absolvida pelo juiz Diego Dantas por falta de provas.
Decisão
Segundo o magistrado, não pairam "quaisquer dúvidas quanto à ocorrência do desvio e apropriação de recursos públicos (taxas cartorárias e emolumentos) pertencentes ao Cartório Único de Extremoz/RN e da ocultação destes valores mediante a utilização de conta bancária de terceiro não vinculado a referida serventia extrajudicial”.
O Ministério Público apontou 25 transações relativas a serviços cartorários entre o ex-tabelião e usuários, que somam R$ 83.513,36 e corresponde justamente ao dinheiro público não repassado ao Cartório de Extremoz.
“A autoria do crime de peculato (25 vezes) e lavagem de capitais apurados neste feito resultou satisfatoriamente comprovada e aponta os réus Gustavo Eugênio Costa de Souza e Lourdyanna Agostinho de Lima da Silva como autores das condutas criminosas em deslinde”, diz a sentença.
Fonte: G1/RN

DHPP CUMPRE MANDADO DE PRISÃO CONTRA SUSPEITO PELO LATROCÍNIO DE POLICIAL CIVIL APOSENTADO NA GRANDE NATAL


RN-POLICIAL.
A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou nesta segunda-feira (28), que está preso Josivan da Silva Avelino Júnior, conhecido como “Chuck”, suspeito pelo latrocínio do policial civil aposentado José Honorato Filho, ocorrido no dia 17 de outubro de 2018, em Ceará Mirim.
A prisão de Josivan foi realizada por policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar na quinta-feira (24), por ele ser foragido da cidade de Ceará Mirim. Após a prisão por parte da PM, a DHPP deu cumprimento ao mandado de prisão.
De acordo com as investigações da Divisão, os suspeitos chegaram à granja em que José Honorato morava sozinho, renderam o policial aposentado e levaram duas armas e o seu veículo, além de terem tentado arrombar um cofre da casa.
Fonte: Blog do BG

FORTE RAJADA DE VENTO DESTRÓI COBERTURA DE OFICINA NA CIDADE DE CRUZETA

Por Chagas Silva, DRT 1845/RN.
RN-CIDADES.
Eu tenho dito e acredito e que este ano a temporada chuvosa será pesada, mas tem gente de acha que eu estou sonhando.
Foto cedida.
Dá mesma maneira que eu acredito que os nossos reservatórios vão atingir sua cota máxima, alcançando o novel de transbordar (Sangrar)
Os sinais de que as chuvas serão pensadas está aí para quem quiser ver, a cada chuva recebemos informações de telhados de casas que são destruídos com a fora dos ventos.
Aconteceu em Currais Novos, quando na primeira chuva alguns prédios tiveram seus telhados arrancados, inclusive, a antena da Rádio Antena 3 FM caiu e a maior casa de shows da região, a “Durei Casa show” que teve parte de sua cobertura derrubada.
No sábado passado o forte vento arrancou o telhado de algumas residências na cidade de Acari e em outros municípios, na tarde desta terça feira (29), o mesmo fato aconteceu na cidade de cruzeta, quando um estabelecimento comercial teve seu teto totalmente destruído, ficando de pé apenas as quatro paredes.
Vem sempre acontecendo Moradores da cidade de Cruzeta, distante a 40km de Caicó, foram surpreendidos com a força do vento na tarde dessa terça feira que chegou acompanhando a chuva e destruiu o telhado de uma oficina no bairro Novo Horizonte.
Os moradores daquele município disseram que até o momento choveu apenas 19 milímetros, mas que a força do vento chega a assustar. Não foi só o teto do prédio, que foi destruído, algumas arvores também caíram com a força do vento, árvores na zona rural foram arrancadas pelo tronco naquele município.

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

NÚMERO DE MORTOS EM BRUMADINHO SOBRE PARA 84, E 276 PESSOAS CONTINUAM DESAPARECIDAS.

Por G1
MG-GERAL.
Buscas chegaram ao quinto dia e têm o reforço de ajuda oferecida por Israel. Tragédia foi provocada pelo Rompimento de barragem da Vale em Minas Gerais.
Bombeiros retiram o corpo de uma das vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho (MG) — Foto: Mauro Pimentel/AFP
Bombeiros retiram o corpo de uma das vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho (MG)
 Foto: Mauro Pimentel/AFP
A Defesa Civil de Minas Gerais informou, na noite desta terça-feira (29), que há 84 mortos e 276 desaparecidos após a tragédia provocada pelo rompimento de uma barragem da mineradora Vale em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.
Neste quinto dia de buscas, nenhuma vítima foi encontrada com vida, afirmou o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, o tenente Pedro Aihara. Segundo ele, desde sábado (26) não são achados sobreviventes. "A possibilidade de encontrar pessoas com vida é muito pequena [a partir de agora]", disse o porta-voz.

Números da tragédia

84 mortos confirmados – 42 identificados
276 desaparecidos 
192 resgatados 
391 localizados