Radio 99.5 FM Currais Novos/RN

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

MÃE CONVENCE FILHO QUE MATOU UNIVERSITÁRIO A SE ENTREGAR À POLÍCIA


RN-POLICIAL.
Na companhia da mãe, Matheus Costa do Nascimento, 18 anos, se apresentou no início da tarde desta segunda-feira (21) na Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele é acusado de matar o universitário Marcos Gonzaga da Silva, 30, que foi baleado na cabeça em um assalto na noite do dia 3 dezembro do ano passado.
Os dois chegaram juntos à delegacia para prestar esclarecimentos sobre o fato. Matheus se disse arrependido da ação. “Eu sei que o que eu fiz foi errado, por isso, decidi me entregar. Não fiz isso antes porque tinha medo de morrer. Pedi a minha mãe que viesse comigo para que eu me entregasse, vou pagar pelo que eu fiz. Quero uma vida nova”, afirmou o jovem.

Durante entrevista exclusiva à TV Ponta Negra, o principal suspeito do crime que afirmou ter saído de casa para cometer o assalto. “Eu precisava quitar dívidas referente ao tráfico de drogas, por isso, tive a intenção de praticar o crime, mas me arrependo porque não queria matar ninguém”, Ele acrescentou dizendo que efetuou os disparos porque tinha ouvido tiros contra ele.

O delegado da DHPP Roberto Andrade informou que agora Matheus Costa será ouvido e apresentado à Justiça. “Nós vamos ouvir o depoimento dele, em seguida, ele ficará à disposição da Justiça. A prisão preventiva dele já foi decretada. Ele seguirá ainda hoje para o sistema penitenciário do Rio Grande do Norte”.

Relembre o caso
A vítima estava com o carro estacionado na frente de casa esperando pelo pai dentro do veículo quando foi abordada por três criminosos armados que anunciaram o assalto. O universitário reagiu dando partida, mas foi atingido com tiros na cabeça, perdeu o controle do veículo e colidiu com uma árvore. Tudo aconteceu na Rua Cabo Orange, no bairro Potengi, em Natal. 

publicidade.
 
Uma câmera de segurança flagrou o momento que o universitário foi baleado na cabeça. Marcos Gonzaga estava com o carro parado, na companhia da namorada, quando dois homens e uma mulher dobram a esquina e vêm em direção ao veículo. A cena mostra um dos homens mais à frente e um casal mais atrás.

De mãos dadas, o homem e a mulher deixam a calçada e vão passando pelo lado do motorista. É nesse momento que o suspeito saca a arma que estava na sua cintura e tenta o assalto. Marcos arranca com o carro. O suspeito, sem conseguir roubar nada, atira. Em seguida o casal foge correndo, voltando por onde veio. A câmera não mostra, mas um dos tiros atingiu a cabeça de Marcos. Ele perde o controle do carro e colide contra uma árvore na calçada.

A namorada dele, que também estava no carro, não ficou ferida. A Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deu início às investigações. Nenhum suspeito foi preso.

OP9

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva