domingo, 28 de abril de 2019

BRIGA POR PODER RETARDA CRESCIMENTO DO PSL NO RIO GRANDE DO NORTE


RN-POLITICA. - O partido do Presidente da República, Jair Bolsonaro, no Rio Grande do Norte não está crescendo nos mesmos passos largos que vem dando em outros estados brasileiros.
A briga por poder tem limitado o crescimento da sigla. Com diretórios em vários municípios potiguares, o PSL míngua por filiados, e esquece dos verdadeiros soldados que lutaram pela sua ascensão metéora.
No RN, o partido é dirigido pelo deputado federal General Girão, que não vem sabendo conduzir os interesses da sigla, abrindo um distanciamento enorme com membros que estão desde a pré-campanha presidencial.
Girão deu super poderes a novos filiados e criou uma enorme barreira para membros com votos e até com mandato, como é o caso do deputado Coronel Azevedo, que vem sentindo o peso maior do conflito interno.
As pretensões políticas de Girão são ambiciosas, o parlamentar está praticamente decidido a disputar a prefeitura de Natal em 2020, nem que para isto tenha que eliminar seus maiores opositores, os do PSL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva