Radio 99.5 FM Currais Novos/RN

quinta-feira, 4 de abril de 2019

MP INVESTIGA DENÚNCIA DE RACISMO EM LOJA DO MCDONALD´S DE SP


SP-JUSTIÇA
A a realização da venda. A vítima disse que o segurança da loja gritou: 'Não é para ficar pedindo aí não! Sai fora!'".
Reprodução/Google Maps
Para a Promotoria, há indícios de prática de racismo institucional nas dependências da rede de restaurantes e a Constituição Federal estabelece como objetivo do País a promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
Entre as diligências determinadas pelo promotor de Justiça está o envio de ofício ao McDonald's Brasil dando prazo de 30 dias para que a empresa responda, por exemplo, quais são as ordens e orientações dadas aos empregados próprios e de empresas terceirizadas no que se refere ao relacionamento entre eles e entre esses e os clientes do estabelecimento comercial e se há alguma orientação dada quanto a aspectos raciais e étnicos de funcionários e clientes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva