domingo, 15 de setembro de 2019

ABUSO DE AUTORIDADE: DIVIDIDO, SENADO SERÁ DECISIVO


POLITICA.
O Senado terá papel decisivo na manutenção ou na derrubada dos vetos do presidente Jair Bolsonaro à Lei do Abuso de Autoridade. Isso porque, se os senadores decidirem manter os vetos, os deputados nem chegarão a analisá-los.
Senadores reunidos no plenário da Casa — Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A lei foi sancionada na semana passada por Bolsonaro e define as situações que configuram abuso de autoridade por parte de juízes, procuradores e policiais, além de definir as punições para cada caso. Dos 108 dispositivos, 36 foram vetados pelo presidente da República.

Entre a aprovação do projeto no Congresso e a sanção da lei por Bolsonaro, diversas entidades se manifestaram a favor ou contra o texto. Enquanto a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) argumentava que a proposta era “equilibrada”, a Associação dos Juízes Federais dizia que a redação visava “enfraquecer” as instituições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

TELETRABALHO DEMANDA ATENÇÃO COM POSTURA, EQUIPAMENTOS E JORNADA

BR-GERAL Da Agência Brasil.  Com a pandemia do novo coronavírus (covid-19), os governos estaduais decretaram quarentena e diversas...