99.5FM Currais Novos - RN

sábado, 7 de setembro de 2019

BOLSONARO CHEGA A SP PARA PASSAR PELA 4ª CIRURGIA APÓS FACADA NO ABDOME

SAÚDE
Por: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) chegou a São Paulo neste sábado (7) para se preparar para a quarta cirurgia no abdome, a quarta desde a facada sofrida por ele durante a campanha eleitoral de 2018.
 
Segundo o Palácio do Planalto, o objetivo é corrigir uma hérnia (saliência de tecido) surgida no local das intervenções anteriores.

De acordo com Leandro Etchenique , médico da presidência, Bolsonaro já fez uma tomografia do abdome e precisa ficar oito horas sem comer antes da cirurgia. Presidente está sem dor.

A cirurgia é de médio porte e será feita neste domingo (8) no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, pelo médico Antonio Luiz Macedo, que atendeu o presidente após o atentado ocorrido há quase um ano. Ele deve ficar dez dias afastado. De acordo com a equipe médica, o pós-operatório vai levar cerca de uma semana.

Bolsonaro chega a SP para passar pela 4ª cirurgia após facada no abdome — Foto: TV Globo
Em nota, o hospital informou o médico elogiou a saúde de Bolsonaro, e acrescentou que a hérnia incisional está localizada na parede abdominal, perto da cicatriz da facada, do lado direito, onde foram realizadas três laparotomias.

O presidente foi esfaqueado em 6 de setembro do ano passado, durante a campanha eleitoral, em Juiz de Fora durante campanha eleitoral para a presidência. De lá para cá, passou por três cirurgias. O autor do atentado foi internado por tempo indeterminado em um manicômio judicial.

Cirurgia

Amigo do presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL), o cirurgião Antônio Luiz Macedo, de 67 anos, que fez as três cirurgias anteriores do presidente da República, será responsável pela nova operação à qual Bolsonaro será submetido neste domingo no hospital Vila Nova Star, unidade de luxo recém-criada pela Rede D’Or São Luiz em São Paulo.

A nova cirurgia será realizada para a correção de uma hérnia incisional (saliência no tecido) bem no meio da barriga de Bolsonaro.

Em entrevista exclusiva ao G1, o médico, que é gastroenterologista e especialista em cirurgia robótica, oncológica e laparoscópica de altas complexidades, afirmou que a nova operação irá durar cerca de 2 horas e que, apesar de ser ‘de nível simples a moderado’, não apresenta riscos.

“O presidente já passou por três cirurgias grandes, inclusive a última, para reconstrução abdominal, e o local ficou bastante debilitado pelas ações invasivas. Esta cirurgia será para a correção de uma hérnia que surgiu no local dos cortes, bem no meio da barriga. Será uma cirurgia de nível simples a moderado, mas com perfil delicado. Não é esperada nenhuma intercorrência”, disse Macedo.

Bolsonaro deverá ficar cinco dias internado e mais cinco em recuperação. O vice-presidente Hamilton Mourão vai assumir o cargo neste domingo (8) e ficar até quinta-feira (12).

Nenhum comentário: