domingo, 22 de setembro de 2019

GOVERNO DO ESTADO QUER GARANTIAS PARA FAZER ADESÃO A ESCOLAS MILITARES


ESUCAÇÃO
O Governo do Rio Grande do Norte não definiu se vai aderir ao Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares, do Ministério da Educação (MEC).
escolas militares
De acordo com o secretário estadual de Educação, Getúlio Marques, a adesão vai depender de algumas exigências, como a garantia de que o programa não vai afetar a gestão pedagógica das escolas. Assim como esse ponto, existem outros que o governo alega que não estão explicados no projeto, mas que são cruciais para a resposta do Estado.
O Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares pretende abrir 108 novas escolas de um modelo “híbrido” (civil e militar) no País até 2022.
A ideia é que sejam 27 unidades por ano, uma em cada Estado, até o final do atual mandato de Jair Bolsonaro. Segundo o MEC, o objetivo é melhorar a qualidade da educação básica do Brasil com a atuação de militares “como monitores para auxiliar a gestão educacional”.
 Resultado de imagem para IMAGENS CENTRO DA CONSTRUÇÃO ACARI RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

PRESIDENTE DA CÂMARA DE CURRAIS NOVOS TEM DIREITOS POLÍTICOS SUSPENSOS

RN-JUSTIÇA. Foi publicado no Diário Oficial da manhã, desta terça feira, dia 18, uma condenação de 6 (seis) meses de detenção e mais a s...