quinta-feira, 19 de setembro de 2019

OPERAÇÃO SPOOFING: PF PRENDE MAIS 2 SUSPEITOS DE HACKEAR AUTORIDADES

 POLICIAL
A
 Polícia Federal de flagrou nesta quinta-feira, 19, a segunda fase da Operação Spoofing, que investiga os responsáveis por hackear celulares de autoridades, como o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, parlamentares, procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba e até o presidente Jair Bolsonaro.
image (40)

Cerca de 30 agentes da PF cumpriram dois mandados de prisão temporária, com prazo de cinco dias, e fizeram buscas e apreensões em quatro imóveis ligados aos suspeitos em São Paulo, Ribeirão Preto (SP) e Brasília.

Na primeira fase da Spoofing, deflagrada em julho, a PF prendeu o hacker Walter Delgatti Neto, conhecido como Vermelho, que admitiu ter invadido os celulares de procuradores da Lava Jato, e outras quatro pessoas próximas a ele: o ex-DJ Gustavo Henrique Elias Santos, a mulher de Santos, Suelen Priscilla de Oliveira, e Danilo Cristiano Marques. Os quatro estão presos preventivamente em Brasília. As investigações correm sob a 10ª Vara Federal do Distrito Federal e têm à frente o juiz Vallisney de Souza Oliveira.

Veja
PLANTÃO DE NOTICIAS, DE SEGUNDA A SEXTA FEIRA DAS 18:00 AS 19:00 Hs


Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

MINISTÉRIO DA SAÚDE: BRASIL REGISTRA 201 MORTES E 5.717 CASOS CONFIRMADOS DE CORONAVÍRUS

RN-SAÚDE O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (31) o mais recente balanço nacional sobre os casos de Covid-19, doença causad...