segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

12º ASSASSINATO EM MOSSORÓ 2020: PRESO DE JUSTIÇA EM LIBERDADE CONDICIONAL BALEADO NO BAIRRO BOM JARDIM, MORRE NO HOSPITAL TARCÍSIO MAIA

RN-POLICIAL.

Fevereiro começa violento em Mossoró, cidade da região Oeste Potiguar, que registra o terceiro homicídio do mês e o décimo segundo do ano. O preso de justiça em liberdade condicional, Leonardo de Souza Morais, o “Queixinho“, de 24 anos, baleado na noite de sexta feira (31) no Bairro Bom Jardim, morreu no Hospital Tarcísio Maia.

capa
“Queixinho” como era mais conhecido popularmente, estava na calçada de casa, na Rua Luiz Colombro, quando foi surpreendido por uma dupla de moto, que chegou e começou a atirar em sua direção. A vítima foi atingida com vários disparos de pistola calibre 380 e ainda chegou a ser socorrida por populares para o HRTM.

No início da tarde deste domingo 02 de fevereiro,Leonardo apresentou complicações em seu estado de saúde e acabou não resistindo a gravidade dos ferimentos, indo a óbito naquela unidade hospitalar. Queixinho havia sido preso no dia 17 de março de 2019, acusado de crime de roubo majorado (art. 157, § 2º, II, do Código Penal), mas estava em liberdade após receber alvará de soltura expedido pela justiça.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) tendo a frente o Dr. Leonardo Germano, vai investigar o caso para tentar chegar  aos autores e aos verdadeiros motivos que levaram ao assassinato de Leonardo de Souza Morais.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

CÚPULA DAS FORÇAS ARMADAS CONSIDERA BRANDA PENA A SARGENTO PRESO COM COCAÍNA

BR-JUSTIÇA. A cúpula das Forças Armadas considerou branda a pena de seis anos de prisão dada pela Justiça espanhola ao sargento brasil...