quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

ATÉ AGORA, BOLSONARO É O VENCEDOR DESTE CARNAVAL

BR-EVENTOS
O vencedor deste Carnaval — em desfiles de escolas e blocos — foi Jair Bolsonaro. Sim, o presidente da República que, com apenas um ano de mandato, se tornou o mais controverso da história do Brasil.
A expectativa era a de que várias escolas de samba e afins fizessem críticas fortes e diretas a Bolsonaro, do ponto de vista da esquerda. Ou seja, pintassem o presidente como racista, misógino homofóbico e miliciano.

Não foi o que se viu. No Rio de Janeiro, vitrine do Brasil, afora uma escola do grupo A, a Vigário Geral, e a São Clemente, do grupo especial, Bolsonaro passou incólume no Carnaval — até esta terça-feira, pelo menos

No caso da Vigário Geral, como registramos, a escola de samba desfilou com um palhaço Bozo com faixa presidencial. É uma agremiação secundária. No da São Clemente, a crítica mais explícita ficou por conta do humorista Marcelo Adnet, que desfilou no alto de um carro alegórico fazendo o gesto da arminha e flexões de braço (mas ele fez questão de dizer que a fantasia era de “político”). O enredo do samba era contra a corrupção — Adnet teria feito melhor, portanto, se tivesse se caracterizado como Lula. De qualquer forma, acabou sendo mais simpático do que provavelmente era o esperado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

GOVERNO LIBERA R$ 16 BI PARA ESTADOS E MUNICÍPIOS E R$ 9,4 BI PARA A SAÚDE

BR-ECONOMIA. O governo federal publicou cinco medidas provisórias em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 2...