domingo, 9 de fevereiro de 2020

OBSTETRA EXPLICA QUADRO CLÍNICO DE PACIENTE QUE MORREU EM TRABALHO DE PARTO AVANÇADO EM CAICÓ

BR-SAÚDE.
O blog Jair Sampaio manteve contato com Valmira Bezerra, diretora do Hospital do Seridó, para entender o quadro clínico da jovem Taise Araújo, que morreu neste sábado na UTI do HOSPITAL REGIONAL DO SERIDÓ
O corpo clínico do HOSPITAL DO SERIDÓ disse que tudo que estava ao seu alcance foi feito para salvar a vida de Taise, que não resistiu o andamento da intervenção Cesariana. Ela foi transferida para uma UTI do HRS, onde morreu.

VEJA RELATO DO OBSTETRA QUE CUIDOU DE TAISE
“Paciente com problemas de uso de álcool e informações também de drogas, sem ter feito o pré-natal e sem nenhum exames, em trabalho de parto avançado deu entrada no HS. Pariu normal, feto vivo, a termo, porém não houve dequitação espontânea. Saída da placenta, após várias tentativas de manobras sem sucesso, foi submetida à cirurgia por via abdominal para remoção da placenta, sob raquianestesia.

A cirurgia ocorreu com normalidade. Sob o ponto de vista cirúrgico ocorreu tudo bem , mas apresentou alterações cardíacas e respiratórias, nos momentos finais da cirurgia, chegando a ter parada cardiorrespiratória por várias vezes e sendo realizadas manobras de RCR , voltando ao funcionamento cardíaco , com dificuldades ao uso de medicamentos. Foi encaminha p Uti do HRS pelo SAMU. Onde ficou internada sob os cuidados de UTI.”
Relato do médico obstetra
Jair Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

CAMPINA GRANDE: MULHER INTERROMPE TRATAMENTO PARA COVID-19 E ‘FOGE’ DE HOSPITAL SEM RECOMENDAÇÃO MÉDICA

PB-SAÚDE.     Uma mulher de 71 anos decidiu interromper o tratamento que estava recebendo para a Covid-19 no Hospital Municipal Pedro I,...