quinta-feira, 26 de março de 2020

CRÍTICAS DE BOLSONARO CONTRA QUARENTENA ABREM CRISE INSTITUCIONAL NO BRASIL


BR-POLITICA.

A oposição do presidente Jair Bolsonaro aos períodos de quarentena impostos por vários estados brasileiros para frear a propagação do novo coronavírus provocou panelaços e críticas de políticos e médicos, que denunciaram a “irresponsabilidade” do presidente.

Bolsonaro, diferentemente das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), considerou as medidas adotadas por São Paulo e Rio de Janeiro com potencial para arruinar a economia do país.

O presidente, de 65 anos, chegou a afirmar que graças ao seu “passado de atleta”, caso contraísse a Covid-19, “não precisaria me preocupar, nada sentiria ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho”.

Em comunicado, as entidades de saúde coletiva e da bioética consideram “intolerável e irresponsável” o “discurso da morte” feito pelo Presidente da República.

O presidente do Senado, David Alcolumbre, que contraiu o vírus e está em isolamento domiciliar, também considerou “grave” a postura de Bolsonaro, que está na contramão das ações adotadas em outros países e sugeridas pela própria Organização Mundial da Saúde (OMS).

JBR
GORDO GÁS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

ROBERTO CARLOS RECUPERA NA JUSTIÇA DIREITO SOBRE OBRAS PRODUZIDAS DE 1960 A 1990

SP-GERAL. A medida é retroativa à notificação extrajudicial da empresa, realizada em julho de 2018   Roberto Carlos, 79, conseguiu n...