segunda-feira, 18 de maio de 2020

ESPANHA E ITÁLIA REGISTRAM MENOR NÚMERO DE CASOS DESDE MARÇO.

SAÚDE-INTERNACIONAL


Com baixas nas marcas de mortes e de novos casos de covid-19, governos dos dois países planejam retomada das atividades normais

Homem vai à rua em Madri, na Espanha, comemorar retorno das atividades

Homem vai à rua em Madri, na Espanha, comemorar retorno das atividades

Susana Vera/Reuters - 17.5.2020



Espanha e Itália demonstraram neste domingo (17) que estão reagindo à pandemia do novo coronavírus. Segundo as autoridades de saúde locais, os países registraram os menores números de novos infectados pela covid-19 nas últimas 24 horas. Com as marcas mais baixas desde março, os governos planejam a retomada das atividades.


Na Espanha, foram 87 mortes confirmadas e 421 pessoas infectadas. Os números são os menores desde 16 de março, quando ocorreram 21 mortes —naquele período, havia ainda suspeitas de subnotificação. Ao todo, o país perdeu até agora 27.659 pessoas e registrou 277.719 casos da doença.


Já a Itália registrou 145 mortes e 675 pessoas infectadas por covid-19 nas últimas 24 horas.


Os números também são os mais baixos desde que foi decretado o fechamento do país, em 9 de março. Desde que o primeiro caso de contágio foi registrado na Itália, em 21 de fevereiro, ocorreram 31.908 mortes e 224.760 pessoas foram infectadas.

 

Os dias seguidos com queda na curva epidemiológica fez com que o governo italiano se encorajasse para antecipar a reabertura das atividades comerciais do país. A partir desta segunda-feira, lojas, cabeleireiros, salões de beleza, restaurantes e confeitarias estão autorizadas a funcionar. Segundo o primeiro-ministro Giuseppe Conte, piscinas e academias voltaram a funcionar a partir da outra segunda-feira (25). A reabertura de teatros e cinemas é aguardada para junho.

 

Segundo balanço divulgado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) no último sábado (16), o mundo já registra 302.059 pessoas mortas por covid-19 e 4,42 milhões de casos da doença. O número de casos diários se mantém estável há mais de um mês, com cerca de 80.000 infecções por dia. Já o de mortos parece estar em declínio - apesar de altos e baixos - com cerca de 4000 vítimas por dia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

BANCO CENTRAL ESCOLHE CINZA COMO A COR DA NOTA DE R$ 200

BR-ECONOMIA . Por orientação do BC (Banco Central), a nota de R$ 200 deverá ser cinza. Com lançamento previsto para o fim de agosto, a nov...