sábado, 2 de maio de 2020

'NÃO TEMOS CERVEJA': PANDEMIA FAZ BEBIDA DESAPARECER NO MÉXICO.


INTERNACIONAL-ECONOMIA.
Maior exportador e um dos maiores consumidores da bebida no mundo, o país sofre com a parada de produção das cervejarias durante a crise de saúde
 Maiores cervejarias do México estão paradas durante a crise do coronavírus
O fechamento das cervejarias no México, decretado pelo governo diante da crise sanitária da pandemia do novo coronavírus, provocou desabastecimento nas mercearias do país, que são obrigadas a colocar um cartaz de "não temos cerveja", o que tem feito seu movimento despencar pela metade.

"Não temos cerveja porque não há produção, as fábricas foram fechadas por conta da doença", explicou à agência EFE Emílio, que é gerente de uma pequena loja de conveniência no populoso distrito de Iztapalapa, na zona leste da Cidade do México.

Antes da pandemia, a distribuidora de cerveja descarregava produtos na loja de Emílio três vezes por semana, mas agora nem passa mais. Nesse lugar, só restam algumas latas das marcas menos vendidas.

A poucas quadras dali, Alejandro tem um depósito de onde distribui bebidas para 150 estabelecimentos na região. Passou de vender 1000 caixas de cerveja por semana para mais um cartaz de "não temos cerveja".

"Isso nos prejudica muito, porque o que mais vendemos é cerveja. Como não temos agora, é um problema. Apenas no meu negócio, somos oito famílias que dependem disso", contou ele, entre montanhas de garrafas vazias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

PROFESSORA MOSSOROENSE FICA GRAVEMENTE FERIDA EM ACIDENTE DE TRÂNSITO NO ESTADO DO CEARÁ

RN-TRANSITO. A psicopedagoga Penélope Crispiniano, natural de Mossoró no Rio Grande do Norte, ficou gravemente ferida em um acidente de tr...