terça-feira, 7 de julho de 2020

BRASIL TEM 66.741 MORTES E 1.668.589 CASOS CONFIRMADOS DE COVID-19

BR-SAÚDE

O Brasil registrou 1.254 mortes e 45.305 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde, nesta terça-feira (7), por meio do painel nacional de ocorrências.

País é o segundo em números absolutos de casos e óbitos em todo o mundo

Segundo a pasta, o país acumula 66.741 vítimas fatais e 1.668.589 infectados desde o início da pandemia do novo coronavírus. Do total, 796.977 pessoas já estão recuperadas da doença respiratória.

A taxa de letalidade, que é o percentual de óbitos entre os indivíduos doentes, está em 4%. De acordo com informações do governo federal, há também mais de 4 mil mortes em processo de investigação epidemiológica.

São Paulo, estado mais afetado pela crise sanitária, acumula 16.475 vítimas fatais e 332.708 casos da infecção. O Ceará, que vem logo na sequência, responde por 6.556 mortes e 124.952 contaminados. Governo confirmou 1.254 óbitos e 45.305 infectados nas últimas 24 horas. País é o segundo em números de vítimas fatais e contaminados no mundo

O Brasil registrou 1.254 mortes e 45.305 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde, nesta terça-feira (7), por meio do painel nacional de ocorrências.

Segundo a pasta, o país acumula 66.741 vítimas fatais e 1.668.589 infectados desde o início da pandemia do novo coronavírus. Do total, 796.977 pessoas já estão recuperadas da doença respiratória.

 

A taxa de letalidade, que é o percentual de óbitos entre os indivíduos doentes, está em 4%. De acordo com informações do governo federal, há também mais de 4 mil mortes em processo de investigação epidemiológica.

 

São Paulo, estado mais afetado pela crise sanitária, acumula 16.475 vítimas fatais e 332.708 casos da infecção. O Ceará, que vem logo na sequência, responde por 6.556 mortes e 124.952 contaminados.


Veja a situação em cada estado do Brasil

São Paulo: 332.708 casos (16.475 mortes)

Ceará: 124.952 casos (6.556 mortes)

Rio de Janeiro: 124.086 casos (10.881 mortes)

Pará: 116.152 casos (5.128 mortes)

Maranhão: 92.088 casos (2.286 mortes)

Bahia: 91.954 casos (2.216 mortes)

Amazonas: 79.167 casos (2.952 mortes)

Pernambuco: 66.151 casos (5.234 mortes)

Distrito Federal: 62.694 casos (767 mortes)

Minas Gerais: 60.897 casos (1.282 mortes)

Espírito Santo: 56.698 casos (1.880 mortes)

Paraíba: 54.802 casos (1.145 mortes)

Alagoas: 41.524 casos (1.192 mortes)

Rio Grande do Norte: 35.820 casos (1.291 mortes)

Santa Catarina: 35.342 casos (419 mortes)

Paraná: 34.308 casos (851 mortes)

Rio Grande do Sul: 33.800 casos (791 mortes)

Sergipe: 31.640 casos (851 mortes)

Goiás: 31.308 casos (701 mortes)

Amapá: 30.294 casos (455 mortes)

Piauí: 27.514 casos (834 mortes)

Rondônia: 24.564 casos (577 mortes)

Mato Grosso: 22.406 casos (846 mortes)

Roraima: 19.088 casos (376 mortes)

Acre: 14.941 casos (399 mortes)

Tocantins: 13.004 casos (228 mortes)

Mato Grosso do Sul: 10.687 casos (128 mortes)

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

COM APROVAÇÃO EM ALTA E RECEIO DE DERROTAS, BOLSONARO TENTA ATRAIR MDB PARA BASE ALIADA

    BR-POLITICA. Com a saída do MDB do chamado blocão da Câmara dos Deputados, o presidente Jair Bolsonaro deu início a uma estratégia par...