segunda-feira, 20 de julho de 2020

JUIZ CONDENA “JAPONÊS DA FEDERAL” À PERDA DO CARGO E MULTA DE R$ 200 MIL

BR-JUSTIÇA

 

O juiz Sérgio Luis Ruivo Marques, da 1ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu, condenou o agente Newton Hinedori Ishii, conhecido como o “japonês da federal“, à perda do cargo e pagamento de multa de R$ 200 mil por facilitação de contrabando.

 

Ishii foi condenado por envolvimento em uma quadrilha composta por 22 agentes da PF, quatro servidores da Receita Federal e dois policiais rodoviários federais. Eles atuariam em um esquema de facilitação de contrabando pela fronteira entre Brasil e Paraguai.

 

“Há que se ressaltar que o réu Newton Hinedori Ishii é determinado, quando o assunto é cobrar propina para facilitar o contrabando/descaminho. No caso, Newton Japonês escolheu o tipo de mercadoria que aceitaria facilitar e, ainda, fixou o preço da propina a ser cobrada pela omissão na atribuição de combater o crime que lhe foi conferida pelo Estado”, disse o juiz.

 

O julgador citou ainda um telefonema interceptado com autorização judicial em que o agente informa a placa de um veículo para que um policial corrupto deixe de fiscalizar ou simule a fiscalização, beneficiando a quadrilha de contrabando.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

RN PM INTERROMPE E ENCERRA FESTA COM MENORES DE IDADE EM MOTEL NO INTERIOR DO RN

  RN-POLICIAL. A Polícia Militar acabou com uma festa irregular que acontecia em um motel em Umarizal, no interior do Rio Grande do Norte,...