quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

MP JUNTO AO TCU PEDE AVALIAÇÃO DE PREJUÍZO DECORRENTE DE ‘OPERAÇÕES ILEGAIS’ DE MORO

 BR-POLITICA.

O subprocurador-geral do Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Furtado, pediu que a corte de contas faça uma avaliação de prejuízos causados por “operações supostamente ilegais” realizadas por membros da Lava Jato de Curitiba em conjunto com o ex-juiz Sérgio Moro.

 

No documento enviado ao ministro Bruno Dantas, Furtado menciona as práticas de “revolving door” contra a Odebrecht e “lawfare” contra os investigados.

 

O subprocurador também pede que o ministro Bruno Dantas intervenha junto ao ministro Ricardo Lewandowski (STF) para compartilhar as mensagens atribuídas a procuradores e Moro, além de “oficiar ao juízo da Recuperação Judicial da empresa Odebrecht S.A a fim de solicitar o compartilhamento da documentação relativa à escolha do administrador judicial e as análises que fundamentaram a definição do juízo pela empresa de consultoria Alvarez & Marsal, bem como os valores de remuneração que foram estabelecidos”.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva